Entenda como os NFTs podem impactar na vida dos Esportistas

Com Cristiano Ronaldo recentemente enfrentando um processo de 1 bilhão de dólares por promover NFTs da Binance, especialistas pararam para analisar atentamente como as personalidades do esporte e atletas profissionais interagiram com os NFTs nos últimos tempos.

Os tokens não fungíveis (NFTs) percorreram um longo caminho desde a criação do Quantum em 2014, passando de ativos inicialmente vinculados exclusivamente a moedas virtuais para tokens influenciados pelo que vemos na vida real, como filmes, brinquedos e jogos.

Porém, uma das áreas onde esses tokens têm se destacado é no esporte. Entrando no panorama geral como memorabilia e itens colecionáveis, os NFTs esportivos foram introduzidos pela primeira vez no início de 2021, quando o renomado superastro da NFL Rob Gronkowski lançou uma coleção de cartões do Super Bowl.

Em 2023, houve vários lançamentos notáveis de NFTs esportivos, destacando a crescente popularidade das plataformas NFT de esportes de fantasia. De acordo com o relatório do mercado NFT 2021-2023 do METAV.RS, cerca de 35% dos entusiastas dos e-sports expressaram seu interesse em coletar NFTs para diversão ou ganhos financeiros potenciais, enquanto outros 20% demonstraram entusiasmo significativo.

Embora os NFTs esportivos sejam “memoráveis”, eles receberam muitas críticas de reguladores e grandes participantes da própria indústria. Em janeiro, a Football Supporters Association criticou a Premier League inglesa por colaborar com Sorare. O grupo falou contra os ativos, dizendo que eles “levantaram repetidamente preocupações sobre a proliferação de parcerias criptográficas no jogo”.

Impacto dos NFTs na vida de atletas

Os atletas veem os NFTs como uma ótima forma de interagir com seus fãs, oferecendo acesso exclusivo a experiências, itens, troféus e história em geral. Com a criação de fan tokens, os clubes esportivos estão encontrando mais maneiras de envolver seus torcedores, oferecendo-lhes oportunidades de tomar decisões em suas organizações, assim como os membros do conselho.

Os NFTs também aumentaram as marcas de personalidades do esporte, dando-lhes uma maneira de obter renda em royalties e, ao mesmo tempo, dando aos fãs mercadorias e memorabilia esportivas autênticas, como o CR7 de Cristiano Ronaldo, a camisa 23 de Lebron James ou a icônica foto de enterrada de Michael Jordan.

No entanto, as coisas nem sempre são raios de sol e arco-íris quando os NFTs estão envolvidos no mundo dos esportes. Atletas envolvidos com NFTs enfrentam advertências e ações judiciais, sendo o principal ponto de preocupação a “propaganda fraudulenta”.

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS